quinta-feira, 7 de junho de 2007

.sentimentos


A porta trancada. A luz apagada. Sentada no pequeno sofá tentava achar uma resposta convincente para si mesma. Porque ainda buscava? Não saberia resolver a situação mesmo que tivesse a melhor das desculpas. Encontrava-se estranhamente confusa. O sentimento que ali existia era dúbio. Uma simples pergunta a tinha levado para o momento esperado. O desejo e a vontade que sentira naquela hora foram inibidos pela razão. Descobriu que o jogo era perigoso demais. Mas, o prazer de jogá-lo impedia que a sua participação fosse encerrada.

3 comentários:

james disse...

Que viagem!

Um abraço.

Lizzie disse...

Sempre buscamos verdades, respostas atrás das nossas utopias. A vida nos permite a reflexão perante os fatos; e isso nos faz mais sensíveis. Beijão

aNNaFLaVia disse...

Tudo por um pouco mais de prazer nessa vida!
Play the game!

.anúncios google